15 julho Associada da FDC na Paraíba oferece soluções para lideranças e organizações neste momento de pandemia

Horácio Forte

Diante da mais grave pandemia já vivida neste século, a Fundação Dom Cabral decidiu investigar os principais desafios do cenário atual enfrentados por organizações, executivos e gestores públicos. Eleita em 2020 a 9ª melhor escola de negócios do mundo, pelo Financial Times, a FDC reuniu todas as soluções em um portfólio que acaba de ser apresentado ao público. Na Paraíba, a associada H. Forte é a responsável pela gestão dos serviços oferecidos e tem ampliado seus investimentos para colaborar efetivamente na retomada econômica do estado.

 

Nos últimos dois meses, as equipes da FDC realizaram escutas com executivos de todos os setores produtivos e gestores públicos de várias partes do Brasil. O objetivo foi identificar como poderia contribuir para que organizações e lideranças atravessassem o momento de forma produtiva. O resultado são 30 soluções educacionais, que podem ser feitas 100% online ou no modelo híbrido, dependendo dos protocolos de cada região.

 

“As empresas querem redesenhar suas estratégias, ressignificar seus espaços, utilizar o digital para crescer, aumentar produtividade com escassez de recursos, entender seu papel social, além de engajar e liderar seus times considerando o distanciamento e suas consequências em seus mercados e negócios. E as pessoas se sentem ‘intoxicadas’ e inseguras, porque já viram que as competências que possuem precisam ser ajustadas para este novo mundo”, explicou Aléxia Duffles, diretora de marketing e comunicação corporativa da FDC.

 

A escola de educação executiva tem consciência do seu papel para a construção de alternativas que viabilizem ambientes de negócios prósperos para a promoção de desenvolvimento econômico e bem-estar social. Não é a primeira vez que a FDC se mobiliza e coloca sua expertise para apoiar o Brasil em momentos desafiadores. No fim da década de 80, por exemplo, quando a indústria nacional encontrou os desafios da abertura econômica, a FDC cocriou o Centro de Tecnologia Empresarial (CTE) com empresas de grande porte que buscavam se capacitar para enfrentar a competição com as empresas e produtos internacionais.

 

Alguns anos depois, em 1992, procurada por lideranças empresariais para estruturar a gestão e apoiar a interlocução com movimentos sindicais, a FDC criou o Paex, que se consolidou ao longo do tempo e se constitui como a maior rede de parceria entre empresas de médio porte do Brasil.

 

“Mais do que nunca, é hora de colocar a expertise, o conhecimento, especialistas e professores da Fundação Dom Cabral junto aos executivos, executivas, gestores e gestoras públicas que nos últimos 44 anos construíram essa escola e ajudaram a levar o nome do Brasil para o mundo. Vamos, juntos, encontrar alternativas para superar este momento nos tornando melhores, mais fortes, criativos e resilientes para construir o ambiente de negócios de que o nosso país precisa para evoluir e prosperar”, declarou Antonio Batista da Silva Junior, presidente executivo da FDC.

 

 

Movimento Pra>Frente
Com o agravamento da desigualdade social no Brasil, em razão dos impactos socioeconômicos provocados pela Covid-19, a FDC iniciou o Movimento Pra>Frente. Trata-se de uma iniciativa para, ao lado de empresas, organizações sociais e o poder público, articular uma grande rede pela prosperidade ao promover o empreendedorismo como propulsor do desenvolvimento econômico e social do país.

 

O Movimento irá capacitar 1 milhão de microempreendedores populares das principais favelas do país. Teve início em Paraisópolis (SP), onde a FDC atua desde 2017 e, em abril, começou a aceleração de empreendimentos e iniciativas sociais que estão sendo cruciais para o enfrentamento da pandemia e para a proteção social da comunidade.

15 julho Reflexão

Toninho Neto

Num momento de incertezas, dúvidas e medos, o futuro médico Antônio Ramos Neto, fez uma reflexão sobre esse tempo de pandemia. Um dos assuntos mais abordados foi o acúmulo de informações desencontradas, medo, e lições da vida, contando até sua situação atual. Repercutiu para muitas pessoas positivamente que relataram que precisavam ouvir uma reflexão dessa! Bela atitude 👏🏻👏🏻 Para conferir basta acessar seu Instagram: @toninhoneto_. Fica a dica!

15 julho De volta

Elisa Maroja

A empresária Elisa Maroja já deu o recado: “É com grande alegria, fé renovada e otimismo que informarmos às nossas amadas amigas e clientes que nossa Casa Lis et Lu está de portas abertas para recebê-las. Das 9:00 as 15:00 horas. E com descontos de até 40%”. A loja está localizada em Manaíra (João Pessoa). Vamos conferir!

15 julho Foto top da semana

A foto que conquistou o posto de top da semana aqui no Selecta foi a da digital influencer Mariana Cordeiro (Instagram: @cordeiromariana) retomando suas caminhadas na Orla de Manaíra, após a sua liberação pela prefeitura de João Pessoa. Maravilha!

06 julho História da moda

A digital influencer Layla Oli está dando o que falar com seus vídeos semanais (todo domingo) sobre história da moda. O conteúdo – que está rolando no seu Instagram: @layla.oli – gira em torno de alguma marca, ítens ou tendências com suas produções históricas por trás. Estamos amando tudo!

30 junho Diego Tavares diz estar “preparado” e que administrar João Pessoa no pós-pandemia exige “experiência administrativa e sensibilidade social”

A nossa editora Celeste Maia com Diego Tavares

Pré-candidato à sucessão municipal da Capital pelo Partido Verde (PV), o empresário Diego Tavares, ex-secretário de Desenvolvimento Social, disse que sua trajetória de empresário, gestor público com atuação nas áreas econômicas e sociais o credencia para liderar um processo de recuperação econômica e social na cidade. Para ele, os desafios do pós-pandemia exigem do próximo prefeito de João Pessoa “experiência administrativa e sensibilidade social”.

 

“O pós-pandemia exige capacidade gerencial, experiência administrativa e sensibilidade para ouvir o próximo e entender seus problemas. O próximo prefeito de João Pessoa também precisa estar conectado com o futuro, aberto às novas idéias e que esteja disposto a enfrentar os desafios desse novo normal”, ressaltou.

28 junho Dicas de filmes para a quarentena

Maria Vitória Lacerda

Convocamos a estudante de Medicina, Maria Vitória Lacerda, para nos indicar cinco filmes para nos distrair nesta quarentena. São eles:

 

– Jogos Perigosos

 

– Amor sem fronteiras

 

– Truque de Mestre 1

 

– O Melhor de Mim

 

– O Milagre da Cela 7

27 junho Nova música

O DJ Ralk acaba de lançar sua nova música “Get To You” – que já está bombando nos lançamentos do Spotify. Para conferir basta clicar aqui!

15 junho CBN João Pessoa lança na terça-feira a coluna Mercado em Movimento

Camila Esposte

A CBN estreia na próxima terça-feira (16) a coluna Mercado em Movimento. O espaço vai discutir os desafios vividos pelo mercado publicitário na Paraíba, no Brasil e no mundo.

 

O conteúdo, assinado pela consultora Camila Esposte e pelo publicitário Láuriston Pinheiro, vai ao ar todas as terças-feiras, no período da manhã. A dupla também vai assinar um blog no Jornal da Paraíba, com data de lançamento prevista para os próximos dias.

 

A coluna semanal na CBN vai suprir um vácuo na discussão dos temas relacionados ao mercado em um momento desafiador. “Já é de amplo conhecimento e domínio público as mudanças e rupturas que vêm ocorrendo em diversos segmentos da economia. O chamado mercado publicitário, composto pela tríade veículos-agências-anunciantes, está bem no centro desse furacão disruptivo trazido pelas tecnologias digitais, principalmente nas duas últimas décadas”, disse Pinheiro.

 

Camila e Láuriston possuem larga experiência no setor e vão compartilhar o conhecimento acumulado com os ouvintes da CBN. Todas as terças-feiras, após o Repórter CBN das 11h30, os dois estarão frente a frente com a jornalista Carla Visani, que ancora o programa CBN João Pessoa ao lado do também jornalista Caio Ismael. Vai ser um papo descontraído e assertivo sobre os problemas, oportunidades e anseios do setor na Paraíba.

08 junho Destaque

Rodrigo Pinto com sua esposa Mikaelly Moura

O advogado Rodrigo Pinto aproveitou a quarentena para aprimorar – ainda mais, seus conhecimentos profissionais. Ele se graduou em dois cursos: um em Harvard sobre contrato, desde o início de uma relação de confiança até a sua celebração, podendo ou não o Estado intervir visando o seu adimplemento, e outro em Stanford sobre igualdade e leis anti discriminatórias, comparando os sistemas dos EUA, França, Brasil e África do Sul. Só alegria!

 

Selecta Club no Instagram