Perfil Selecta Club: Nando duB

Perfil Selecta Club: Nando duB

 Quando se fala em música eletrônica em João Pessoa, não tem outro nome que nos venha à cabeça senão Fernando Henrique – ou melhor, Nando duB, como é conhecido. E pode perguntar a qualquer DJ daqui "da área" – o cara realmente é um mestre com toda a sua experiência e pesquisa musical. Além de ser uma referência e apaixonado pelo que faz, Nando tem uma bagagem musical daquelas de deixar o queixo caído – já tendo dividido palco até mesmo com ninguém menos que o Fatboy Slim. Nando vem se apresentando com discotecagens solo e também aliado do DJ Mostarda, com o projeto Only2Brothers. Não é a toa que ele é presença garantida no line-up das festas do Selecta Club. Confiram a seguir a entrevista que fizemos com ele e conheça um pouquinho mais sobre esse DJ!

 

Selecta Club: Como você começou sua carreira de DJ, o que te levou à música?
Nando duB: 
Comecei tocando em festinhas de garagem, executando long plays (coletâneas em vinyl) de novelas, pois single naquela época era um sonho.

SC: Como é viver de música eletrônica no Brasil, principalmente aqui na Paraíba?
NDB: No Brasil viver de música eletrônica já e difícil e fica mais complicado, não só na Paraíba mas no Nordeste em geral, pois a música eletrônica ainda não é uma cultura de massa local – embora nos últimos anos tenha definitivamente levantado vôo no Brasil. Porém, aqui no NE a coisa começou recentemente. De uma maneira geral o público na sua maioria goza de uma informação muito superficial sobre música eletrônica, ainda está na fase do "oba oba", aí quando ´passarmos desta fase o bonde deve andar mais rápido. Resumindo tenho que me virar nos 30". 

SC: Quais as apresentações mais inesquecíveis que você já fez?
NDB:
Uma delas, foi em 1999 – a abertura e encerramento do primeiro show do cantor Billy Paul no NE, em Recife, na Funhouse, onde fiz um set muito feliz de Disco. O outro foi no dia do meu aniversário em 2007, no encerramento do Show de Fatboy Slim com o meu parceiro no crime Dj Mostarda (a outra metade do Only2Brothers) no Marco Zero em Recife. Uma sensação antes nunca sentida, pegar a pista depois do cara e tocar para mais de 80 mil pessoas até o amanhecer, não tem como descrever este sentimento :))

SC: Cinco músicas que não podem faltar numa balada ou nos seus sets.
– Noir – Haze – Around (Solomun_Vox_Remix)
– Todd Terje – Inspector Norse 
– Moullinex & Peaches – Maniac (Clássico)
– Azari & III – Manic 
– DJ Le Roi – I Get Deep feat. Roland Clark

SC: E, finalizando, quais os conselhos que você dá para quem está começando a entrar na profissão de DJ?
1- Amor no que faz  e acreditar no que você esta fazendo; 
2- Pesquisa musical é essencial, vai fazer toda a diferença na hora do seu set, pois é onde você pode se destacar na "multidão" com um repertório que te dê identidade, coisa difícil de se ver por aí hoje em dia;
3 – Estudar produção musical. Hoje o DJ conseguiu a condição de artista e artista tem que produzir;
4 – Respeitar o espaço dos outros DJs para poder ser respeitado;