24 fevereiro

Fada Magrinha apresenta o show “Caixinha de Ritmos” no carnaval 2020

Fada Magrinha apresenta o show “Caixinha de Ritmos” no carnaval 2020

Conhecida como a Fada Magrinha, Lulu Araújo está com uma super programação para agitar o Carnaval da criançada e de toda a família. Para o período de Momo, Lulu preparou o show especial “Caixinha de Ritmos”, levando aos palcos uma explosão de diversidade ritmica como: caboclinho, maracatu, coco, frevo, marchinhas e canções infantis consagradas adaptadas aos ritmos pernambucanos. Pela primeira vez, além da banda, o show contará com dois dançarinos, que juntos com Lulu apresentam novas coreografias. Serão três apresentações gratuitas e abertas ao público.

 

A maratona de Carnaval da Fada Magrinha começa no domingo (23), às 19h, no Parque Dona Lindu em uma tarde toda dedicada aos foliões mirins. Na segunda (24) é a vez do RecBitinho, que acontece no Paço Alfândega, receber as cores e ritmos do show “Caixinha de Ritmos”, a partir das 15h. Encerrando o Carnaval dos pequenos, na terça-feira (25) Lulu Araújo leva toda a riqueza rítmica do estado para o Parque da Jaqueira às 19h.

 

Grande foliã do carnaval Pernambucano, Lulu Araújo se apresenta na folia de Momo desde 1996. A cantora e percussionista foi integrante do Maracatu Estrela Brilhante do Recife, um dos mais tradicionais do Estado, e já acompanhou artistas como Naná Vasconcelos e Alceu Valença. Em 2020 para coroar sua paixão pelo carnaval, lançou o seu bloco Conto de Fada, que saiu no Recife Antigo, numa prévia de carnaval cheia de magia e encanto, reunindo famílias e foliões de todas as idades. Outra grande novidade desse ano é que a Percussionista assina a curadoria do RecBitinho, levando ao Paço Alfândega uma programação inédita e multicultural para crianças de todas as idades.

 

 

Sobre A Fada Magrinha

Lulu Araújo é Arte educadora e se apresenta durante a Folia de Momo desde 1996, tocando no Maracatu Nação Estrela Brilhante do Recife, uma das mais tradicionais agremiações do Estado, ao lado de artistas como Naná Vasconcelos e Alceu Valença. No palco, a artista se transforma na personagem ‘Fada Magrinha’ e assume a missão de encantar os pequenos, com músicas que marcaram época como “ Mamãe eu quero” e “Balançê”, além de clássicos infantis em ritmos carnavalescos de Pernambuco, como “Sopa do Neném ” e “Pó Pó Pó Pó”.

Selecta Club no Instagram