13 dezembro

Estação Cabo Branco recebe peça que conta bastidores de artistas circenses

Estação Cabo Branco recebe peça que conta bastidores de artistas circenses

Estação Ciência Cabo Branco (Foto: Divulgação)

Em um quintal qualquer, uma companhia de circo-teatro se instala e abre seus camarins. São poucos trajes, roupas estendidas e alguns utensílios. Os gestos são de um cotidiano de largo convívio com a pobreza, mas há algo de nobre que circunda entre eles. O enredo é da peça teatral “Vem buscar-me que ainda sou teu”, que será apresentada na Estação Cabo Branco, nos dias 13, 14 e 15 de dezembro.

As apresentações acontecerão a partir das 18h30, no Anfiteatro da Estação Cabo Branco. A entrada será um quilo de alimento não perecível, que posteriormente será destinado a ações de combate a fome, realizadas nesta época do ano. A classificação indicativa da peça é de 16 anos.

 

A peça mostra os bastidores dos artistas de uma companhia de circo-teatro, que diante do público vivem o cotidiano precário, mas com a alegria de poder brilhar em cena. Os personagens vivem entre o ganho e o sonho, as trapaças e a solidão, o orgulho e a traição, que são os temperos principais de suas relações.

 

“Vem buscar-me que ainda sou teu” foi escrita por Carlos Alberto Soffredini, e é dirigida por Flávio Melo – ator e membro do Núcleo de Artes Cênicas da Estação Cabo Branco.

 

“Em determinado momento da peça, os personagens partem para fazer o último número da noite: a dramatização de uma peça. Neste momento, o real se mistura com a ficção e cria-se uma atmosfera poética e divertida: é a trama da trama, ou seja, o teatro dentro do teatro”, explica Flávio Melo.

Selecta Club no Instagram