Conheça Gastronomia: Pedro Peixoto

Conheça Gastronomia: Pedro Peixoto
Para a nova safra de jovens chefs, cozinha é lugar de inovação e criatividade. Para entender um pouco mais sobre esse universo, conversamos com Pedro Peixoto, jovem paraibano que é chef em Brisbane, Austrália. Pedro trabalhou no Stamford Plaza Hotel, no Butter bistro, Moda restaurant e Moda events. 
 
Onde comer bem na Austrália?
O país ainda se encontra em um processo de crescimento gastronômico. Minha dica é Melbourne, um caldeirão de cultura, com vários barzinhos de ótimo gosto e maravilhosos restaurantes.
 
O que mais te atrai na culinária australiana?
A multiculturalidade. A culinária australiana moderna usa técnicas francesas e asiáticas. No ramo dos ingredientes o país desfruta dos tradicionais europeus, especiarias indianas e ingredientes asiáticos.
 
Você indica algum curso para quem é da área?
Os cursos de gastronomia do Anhembi-Morumbi em SP e em Águas de São Pedro. Para os interessados em sobremesas, doces e bolos, o famoso Le Cordon Bleu, na França, é uma boa pedida.
 
O que mais te atraiu no curso de gastronomia?
Trabalhar com culturas. Por de trás de cada prato existe uma história, um fato, um país, um povo. A variedade de ingredientes e de ferramentas que você pode utilizar para obter um melhor resultado e uma maior satisfação do cliente que está visitando seu restaurante também é interessante.
 
Dica para quem está começando
Pesquise muito bem escolas e universidades. Fiquei muito inclinado a ir para SP, mas a ideia de estudar fora e aprender algo que não se vê no dia-a-dia brasileiro falou mais alto. Se você pensa em ser um chef de cozinha pelo motivo de a profissão estar em alta, desista. Para trabalhar em cozinha você precisa gostar, eu digo, AMAR, pois requer tempo, dedicação e muito trabalho duro e sujo.