20 março

Batons vermelhos, por Ana Medeiros

Batons vermelhos, por Ana Medeiros

 Os batons vermelhos são um verdadeiro clássico da maquiagem. A expressão "lábios de carmim", por exemplo, está imortalizada até na literatura! O batom por si só foi inventado apenas em 1918 pelo químico francês Paul Baudecroux, mas antes disso o carmim – um corante vermelho de origem animal – já era usado no lábio das donzelas e até mesmo como pintura corporal. Não a toa, o "carmim" ainda é usado na fabricação de batons vermelhos. Enfim, para não errar no tom de vermelho a ser usado neste inverno, Ana Medeiros nos mandou algumas dicas valiosas que a gente repassa pra vocês! Confiram!

 

Para quem possui lábios finos:
"Tons mais escuros, tipo vermelho-vinho, fazem seus lábios parecerem ainda menores. Use os claros para dar volume. Por exemplo: vermelho sangue."

Para lábios médios:
"Você pode usar qualquer tom de vermelho: dos escuros aos claros."

Para lábios grossos:
"Use os menos chamativos, como o vermelho-rosado."

Dose as cores de acordo com seu tom de pele:
Para pele branca: usa-se os tons vivos de vermelho;
Para pele morena: usa-se tons de cereja;
Para pele negra:usa-se vermelhos acastanhados;

Batom vermelho para pessoas discretas:
"Aposte no vermelho-laranja, fazendo par com as sombras neutras e opacas (sem brilho) e blush em tons terra. Com essa cor de batom, nada de blush rosa! A maquiagem fica mais sofisticada."

Para dar um tom sexy ao batom vermelho:
"Invista no vermelho-vinho, preferencialmente à noite."

Para um visual mais moderno:
"Use vermelho-vivo durante o dia, mas não carregue o visual: nos olhos, use apenas rímel preto. Já à noite, passe delineador e sombras escuras esfumadas."

 

A make-up stylist Ana Medeiros

 

Selecta Club no Instagram