14 outubro

Autor pessoense participa do concurso organizado pela Amazon Brasil

Autor pessoense participa do concurso organizado pela Amazon Brasil

Alex Cavalcanti

A trajetória de um aspirante a escritor perdido entre lembranças e temores durante uma viagem de uma semana. Este é o ponto de partida de grande expectativa para a noite de sábado, romance concorrente à edição 2020 do Prêmio Kindle. A premiação organizada pela Amazon Brasil visa incentivar a criação literária e divulgar a obra de novos autores, assim como fomentar a leitura.

 

O autor pessoense radicado em São Paulo participa pela segunda vez do prêmio. Em 2018 ele concorreu com Ladrão de corações, romance que em 2017 foi um dos dez finalistas no prêmio Papel Pólen de Literatura do mesmo ano. Desta vez, o autor concorre com o romance que tem como referências a obra dos americanos Paul Auster e Henry Miller, conhecidos pelas histórias viscerais que flertam com vários gêneros literários. “Eu quis contar uma história que despertasse questionamentos e nos fizesse pensar sobre a vida. O protagonista do livro passa por traumas e experiências que podem despertar identificação com os leitores. Também quis falar sobre as contradições do caráter do brasileiro e de como é viver no Brasil dos dias de hoje”, contou.

 

A obra inédita levou dois anos para ser produzida e é a primeira vez que concorre a um prêmio literário. Se dedicando em tempo integral à literatura, hobby cultivado desde a adolescência, Alex participa de concursos literários no Brasil e em Portugal. Segundo ele, está é uma das principais maneiras que novos autores têm para divulgar o seu trabalho e conseguir inserção no concorrido mercado editorial brasileiro. “Devemos combater o mito de que brasileiro não lê. Temos autores celebrados internacionalmente, como Machado de Assis, Clarice Lispector e Lygia Fagundes Telles, escritores que elevaram a nossa literatura e são ótimas formas de se conseguir diversão e conhecimento.

 

Organizado desde 2015 pela sucursal brasileira da gigante americana do varejo, o prêmio literário se consolidou como um dos principais do segmento no país. Neste ano, além do valor monetário, o autor premiado terá a versão impressa do seu romance disponibilizada em uma das edições do Tag, prestigiado selo de curadoria literária. Com  mais de 40 mil assinantes no país, a Tag foi responsável por apresentar aos leitores brasileiros a obra de novos escritores e autores já celebrados em países cuja literatura ainda é pouco conhecida no país, como Coreiado Sul e Moçambique.

 

O resultado da edição 2020 do Prêmio Kindle será divulgada no começo do ano que vem. A obra concorrente está disponível para download dos usuários do Kindle e leitura gratuita on-line através do site da Amazon Brasil. O livro pode ser lido através deste link.

Selecta Club no Instagram